Propriedades nutricionais do salmorejo

Com a chegada do verão e o calor próprio destas datas, começamos a incorporar a nossa dieta de comidas frias e leves que nos permitam combater as altas temperaturas. Sopas frias, como o gaspacho, o salmorejo ou o ajoblanco se tornam as receitas mais desejadas nesta época do ano. Embora a carne e o peixe é o prato principal do verão, com uma popularidade que transcende fronteiras, ganha cada vez mais destaque o salmorejo. Ambas são sopas frias cujo principal ingrediente é o extrato de tomate e, ainda tem gente que acredita que são as variedades da mesma receita, a realidade é que se trata de duas receitas diferentes. A principal diferença está em que o gaspacho é adicionada água. Além disso, o salmorejo tem uma lista de ingredientes de menor importância, já que contém apenas tomate, alho (em maior proporção do que o gaspacho), azeite e pão. Enquanto que a carne e o peixe tem uma textura mais líquida, o salmorejo é muito mais espesso. Ambas as receitas têm um sabor diferente, mas igualmente delicioso, ajudam a saciar a sede e aplacar o calor próprio dos meses de verão. Como já vimos com o gaspacho, o salmorejo é um prato muito recomendável para a nossa saúde, sendo uma opção muito recomendável para acompanhar uma dieta rica e equilibrada. Apesar de que há pessoas que pensam que o salmorejo engorda, a realidade é que o aporte calórico é muito baixo, desde que moderemos o uso do pão e do azeite de oliva. Em concreto, o salmorejo traz, entre 80 e 120 Kcal por cada 100 ml. Além disso, a maior parte das calorias provenientes de carboidratos complexos e de ácidos gordos saudáveis, já que sua origem está em ácido oleico, que contém o óleo de oliva. Esse ácido tem efeitos muito positivos sobre o colesterol bom, que ajuda a reduzir a pressão arterial e o risco de sofrer problemas cardiovasculares. O ingrediente principal do salmorejo é o tomate, que é uma receita rica em fibras. Daí que seja aconselhável para realizar a digestão e favorece que o intestino trabalhe melhor. Também é muito recomendado para pessoas com problemas de prisão de ventre (embora limitando a quantidade de pão). O salmorejo é também rico em vitamina C e carotenóides, importantes antioxidantes que permitem bloquear o dano causado pelos radicais livres, que são os responsáveis pelo envelhecimento e intervêm em diferentes doenças, como o câncer, as doenças cardíacas e alguns transtornos, como a artrite. O aporte de proteínas é baixo, mas se você usa presunto ovos para decorar o prato, a quantidade se eleva consideravelmente. O mesmo podemos dizer dos hidratos de carbono, que aumentam se você adicionar mais pão. Por último destacar, que o salmorejo é fonte de minerais como o potássio e o sódio, assim como de vitaminas do grupo B e o óleo de oliva contém vitamina E.