Propriedades medicinais dos pinhões

Você sabia que estes frutos secos são uma fonte de benefícios para o nosso organismo, em especial para regular os níveis de colesterol no sangue? Os pinhões são muito típicos da zona mediterrânica e provêm do pinheiro manso. Pode-Se consumir tanto crus como torrados em nossa dieta habitual. As sementes contêm cálcio e magnésio por isso recomendam-se especialmente a crianças e a adolescentes em época de crescimento. Estes frutos aumentam a densidade óssea dos ossos. Ajudam a manter o equilíbrio da formação de ossos fortes, pelo que são especialmente indicados para pessoas que sofrem de osteoporose e descalcificação de ossos. Como o resto de nozes, os pinhões ajudam a reduzir os níveis altos de colesterol ruim e aumentar os bons. Isso é possível porque são ricos em ácidos graxos de qualidade. Contém ácidos gordos omega 3 e omega 6, o que possibilita a estabilização dos níveis de colesterol no sangue. Ao mesmo tempo, são uma fonte de proteínas naturais. Devido ao seu alto teor calórico e de gorduras, não convém abusar deles. Estes frutos secos são muito benéficos para os problemas circulatórios e para os transtornos relacionados com a saúde cardíaca em linhas gerais. Além disso, o seu conteúdo em ferro nos ajuda a prevenir a anemia. Cabe apontar que contêm uma grande carga de assimilação lenta e nos dão muita energia na forma de calorias, o que se transforma em iguaria ideal para realizar caminhadas ou outras atividades em montanha. Para consumi-los, o melhor é masticarlos lentamente para assimilar de forma correta os nutrientes que contêm. Também há que acrescentar que os pinhões são ricos em vitaminas do grupo B e nos ajuda a manter nossas defesas em bom estado. Também nos ajudam a proteger a pele e a mantê-la saudável. Fonte imagem ThinkStock.