Principais Distúrbios Metabólicos

Estas doenças são acionados, como resultado de reações químicas não apropriadas para o funcionamento do metabolismo. Pode ser devido à falta de substâncias essenciais para o bom funcionamento do organismo, ou também devido à ocorrência de toxina por causa de uma má metabolização. A grandes traços, os principais distúrbios metabólicos são: –Obesidade: Uma das causas por que se pode dar a obesidade, se relaciona com os problemas metabólicos. Algumas doenças endócrinas podem causar obesidade, como por exemplo as alterações da tireoide. Também há que notar que muitas pessoas tendem a engordar por causas genéticas. -Hipertireoidismo: ocorre porque a tireoide gera pouca hormônio da tireóide. Produz taquicardia, perda de peso, nervosismo e tremores. A produção excessiva do hormônio desencadeia distúrbios graves para a saúde. -Hipotireoidismo: Ao contrário do anterior transtorno, o hipotireoidismo ocorre porque a tireoide geram pouca hormônio da tireóide. É uma doença de gravidade também que pode causar o aparecimento do bócio. Se não for tratada a tempo, o hipotireoidismo pode causar cretinismo (doença caracterizada pela falta do desenvolvimento físico ou mental e esteticamente desagradável). Além disso, o fato de ter baixos níveis de hormônios podem desencadear problemas ainda mais graves, elcoma por míxedema. –Diabetes: É caracterizada pelo excesso de açúcar no sangue ou urina. Pode ser classificado em dois tipos: a diabetes insípida, produzida pela falta de hormônio vasopressina, e a diabetes mellitus, causada por alterações no metabolismo do açúcar. Dentro desta última, há dois subtipos de diabetes: a diabetes mellitus insulina-dependente (doença juvenil e infantil que se caracteriza pela deficiência de insulina no sangue), diabetes mellitus não insulina dependente (aparece normalmente a partir dos 40 anos e se caracteriza pela incapacidade que têm as células de absorver a insulina do sangue). -Dislipemia: ocorre quando há uma alteração do metabolismo das gorduras. Às vezes tem origem genética, e, outras vezes, ocorre o sedentarismo, diabetes, doenças renais ou o hipotiroidismo, entre outras. A dislipemia pode causar doenças do aparelho circulatório, relacionadas com acidentes vasculares cerebrais ou aterosclerose. Fonte imagem ThinkStock.