Planta Emblica officinalis e seus benefícios

A Emblica officinalis, conhecida como a groselha-negra, índia ou amla, é uma árvore de folha cadúca nativo da índia e do Oriente médio. Amla é usada medicinalmente durante milhares de anos. Amla tem fortes propriedades antioxidantes, já que a fruta contém uma alta concentração de ácido ascórbico e as folhas contêm fenóis. Ingredientes ativos e propriedades medicinais Apesar de que as folhas contêm compostos medicinais ativos, a maioria dos suplementos de hoje são derivados da fruta da planta Amla. A fruta é uma fonte rica de vitamina C e contém uma variedade de fitoquímicos, incluindo o ácido elágico, ácido gálico, quercetina e catequinas. Os fitoquímicos são compostos que se encontram naturalmente em plantas que ajudam a prevenir e tratar doenças. Foi demonstrado que amla tem propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias, anti-úlceras, reforça o sistema imunológico e propriedades antimicrobianas. Atividade antioxidante O ácido gálico, galato de metila, vitamina C e numerosos compostos adicionais que se encontram em Amla, têm propriedades antioxidantes. Os antioxidantes em amla ajudam a neutralizar os radicais livres e evitar danos ao corpo. Utilizações Amla é uma planta importante na medicina ayurvédica e é usado como um tônico para a saúde em geral. Os praticantes de ayurveda também usam a planta amla única, bem como em combinação com outras ervas, para ajudar a tratar a aterosclerose, diabetes, câncer de pancreatite, queimação de estômago, problemas nos olhos, dor nas articulações e obesidade. As pessoas também usam amla para proteger o fígado de danos causados por toxinas e para ajudar a tratar as úlceras. Efeitos redutores do colesterol O suco de amla poderia ser eficaz a longo prazo para o tratamento de níveis elevados de colesterol. Os estudos preliminares sugerem que amla ajuda a reduzir o colesterol sérico total, triglicerídeos e fosfolipídios.