Cuidado com as verrugas plantares em crianças e adolescentes

As verrugas são pequenos tumores cutâneos benignos causados por vírus do papiloma humano. Todos ou quase todos tiveram verrugas alguma vez, e, sobretudo, na infância ou da juventude. Não costumam causar dor, não representam um risco para a nossa saúde e a maioria costumam desaparecer por si só, entretanto, são bastante inestéticas, daí que é preciso buscar sempre alternativas para eliminá-los. Procura-Se, deste modo, acabar com essas manchas em relevo, de forma arredondada, com uma superfície áspera e endurecida. Há muitos tipos do papiloma humano, daí que também tenha muitos tipos de verrugas, que se diferenciam por parte do corpo em que eles aparecem. Assim, temos as vulgares, que aparecem nos dedos das mãos, as plantares, que se encontram nas plantas dos pés, ou as genitais. O vírus que as origina é altamente contagioso, que se transmite ao entrar em contato com lugares infectados, acima de tudo, se andamos com os pés descalços na piscina ou nos vestiários de academias de ginástica, daí que o risco de contágio de verrugas seja muito maior em crianças e adolescentes. Em particular, há que ter um especial cuidado com os nossos filhos, que estão expostos ao contágio nas aulas de Educação Física de um colégio, na piscina ou nos vestiários de seus equipamentos esportivos. O ir de guarda-roupa no guarda-roupa, aumenta de forma considerável o risco de contágio de verrugas plantares. Este tipo de verruga é uma doença viral que surge por andar descalço em áreas molhadas, como podem ser os vestiários. Contagiam-Se de forma simples, por contato, mas na água não há perigo de contágio deste vírus. O melhor tratamento para as verrugas plantares é a prevenção. Por esse motivo, é fundamental que as crianças vão sempre calçados, nunca descalços. Em caso de que se tenha produzido o contágio, não se deve tocar por parte da criança e dos seus pais, mas você tem que ir ao médico, que é quem determina o melhor tratamento para o seu caso concreto. Além disso, uma pessoa pode confundir uma verruga com uma lesão de pele. Daí que seja tão importante consultar um dermatologista antes de qualquer lesão de pele, para que possa fazer um correto diagnóstico. Há que fugir sempre dos autotratamientos. Se você tentar manipular as verrugas, pode provocar uma infecção maior. Os tratamentos mais comuns são os sprays congeladores, ou dos líquidos que estimulam as defesas do organismo contra o vírus que provoca a lesão. Nenhum desses tratamentos é agressivo, pelo que não há que temer que nos deixem cicatrizes na pele.