Como tratar as dores musculares?

As dores musculares são muito comuns e podem afetar um ou vários músculos do corpo, bem como ligamentos, tendões, fáscia e os tecidos moles que se encarregam de conectar os músculos, huesosy órgãos. As causas que os originam e sua intensidade também pode variar bastante, por isso, é sempre importante receber atenção médica para descobrir a sua origem e receber um tratamento adequado. Na maioria dos casos, a dor muscular tende a estar relacionado com a tensão, sobrecarga, má postura por períodos de tempo prolongados, ou por lesões musculares causadas, normalmente, por um exercício ou trabalho físico muito exigente. Por sua vez, as lesões musculares podem ser causadas por fatores externos (feridas e contusões) e por fatores internos (distensões, cortes, rasgos ou roturas musculares). Em todas estas situações, a dor muscular costuma afetar um ou vários músculos específicos, começa durante ou logo ao término de uma atividade e a sua origem é muito fácil de identificar. Mas há um outro tipo de dores musculares, que podem ser um sintoma de outras doenças, como algumas infecções (gripe) ou distúrbios que comprometem os tecidos conjuntivos em todo o organismo (é o caso do lúpus). Quanto à forma de tratá-los, as dores musculares que podemos dividir em dois grupos: – Dor muscular aguda: que é o que ocorre, de repente, como consequência, quase sempre, de uma lesão (ruptura fibrilar, contratura, entorse). Estas dores geram muita inflamação, motivo pelo que costumam ser muito intensos. O tratamento irá dirigido em primeiro lugar a descer esta inflamação. Para isso, bloqueia a articulação ou músculo que foi afetado, fica frio local durante 72 horas para que a inflamação se reduza e se utilizam os medicamentos que nos vão permitir controlar a dor, como os anti-inflamatórios não esteróides. – Dores crônicas: a maioria vem causado por uma sobrecarga muscular excessiva. Pode-Se prevenir evitando alguns fatores como a obesidade, falta de exercício e de tonificação muscular e o sedentarismo. O tratamento deste tipo de dor muscular é diferente de dores musculares agudos. Assim, vamos aplicar calor local para aliviar a dor. Enquanto a dor aguda é contra-indicada na dor crônica há que recorrer à fisioterapia e receber massagem por pessoal qualificado. Também se podem tomar medicamentos do tipo anti-inflamatórios não esteróides. Se a dor se cronifica muito e é muito intenso, pode ser de grande ajuda as injeções de toxina botulínica (o famoso aplicação de botox) em pontos gatilhos específicos que provoca uma grande relaxamento do músculo, o que permitirá reduzir significativamente ou eliminar a dor no prazo de 3 a 7 dias. O efeito dessas infiltrações dura entre 4 e 6 meses, e se for necessário, pode voltar a repetir-se.