Como prevenir as estrias na gravidez

A gravidez produz uma série de alterações fisiológicas na mulher, entre eles a pele também é afetada, já que se estica até dez vezes. Isso ocorre principalmente a partir do segundo trimestre da gestação, momento em que podem aparecer estrias. Para evitá-lo é preciso levar em conta uma série de medidas de prevenção: O controle de peso durante a gravidez é importante. Tanto o aumento de peso repentino, como a perda do mesmo, depois do parto, provocam o aparecimento de estrias. Uma alimentação saudável ajuda a preveni-las. Os alimentos indicados são os ricos em Vitaminas A (produtos lácteos, damascos ou cenoura), E (cereais, vegetais e óleos vegetais), C (batata, alface, tomate, frutas cítricas). Os ácidos graxos essenciais (que são encontrados em vegetais, peixes e óleos vegetais), ajudam a manter a elasticidade da pele. Também algumas frutas como o kiwi ajudam na regeneração do tecido conjuntivo e a cicatrização. Especial menção merecem o uso de cremes anti-estria que hidraten e restaurem a pele. Os preços rondam entre os 12 e os 15 euros e na hora de escolhê-lo, há que ter em conta que contenham centella asiática, óleos de yoyoba e borragem, Vitamina E e óleo de roseira. Em relação ao modo de aplicação do creme, deverá fazê-lo duas vezes ao dia, pela manhã e à noite. O creme hidratante que você use se deve aplicar nas áreas onde tendem a aparecer as estrias. Isto é, em que os seios, o abdômen, os glúteos, as pantorrilas, a virilha e as coxas. Como medida preventiva é de grande ajuda também a manter uma boa circulação da pele. Isso se consegue realizar, uma vez por semana; massagem na pele enquanto você umedece a pele com o creme anti-estria. Também é positivo o exercício como o yoga ou a pé. Fonte imagem para o flickr